1. Vírgula pode ser uma pausa… ou não: “Não, espere.” ou “Não espere.”

2. Ela pode sumir com seu dinheiro: “23,4”. ou “2,34.”

3. Pode ser autoritária: “Aceito, obrigado.” ou “Aceito obrigado.”

4. Pode criar heróis: “Isso só, ele resolve.” ou “Isso só ele resolve.”

5. E vilões: “Esse, juiz, é corrupto.” ou “Esse juiz é corrupto.”

6. Ela pode ser a solução: “Vamos perder, nada foi resolvido.” ou “Vamos perder nada, foi resolvido.”

7. A vírgula muda uma opinião: “Não queremos saber.” ou “Não, queremos saber.”

Uma vírgula muda tudo. A ABI (Assoçiação Brasileira de Imprensa) utilizou esse texto para comemorar seus 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da informação.

Mas, claro que sempre tem quem complete idéias, e num email que recebi, havia o seguinte complemento.

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

Escolha onde quer colocar a vírgula!

Roberte Metring

_________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br