Woman typing on her laptop.

É comum que acadêmicos de forma geral, e os iniciantes em relatórios e trabalhos científicos em particular, confundam a justificativa do trabalho com outros capítulos, como por exemplo a revisão bibliográfica ou a apresentação. Na revisão bibliográfica, o que se apresenta é referencial teórico e os achados realizados durante a pesquisa, onde todos os autores pesquisados devem ser devidamente citados.

Na apresentação do trabalho, aceita-se que o autor faça uma breve apresentação pessoal, suas experiências, o que o levou a dedicar-se ou desejar pesquisar o tema proposto, atividades pessoais e profissionais relevantes que o capacitam a realizar tal pesquisa. A apresentação é o único momento do trabalho acadêmico/científico onde é aceito o discurso de forma pessoal, embora, ainda assim, deva ser poupado o uso do verbo na primeira pessoa, embora seja aceito caso se justifique sua necessidade para dar entendimento ao texto.

A justificativa é um capítulo destinado ao autor da pesquisa, que dispensa inclusive citações de qualquer gênero. O autor do trabalho deve utilizar esse capítulo para dizer porque sua pesquisa tem importância, para quem serve, o que motivou a preferência pelo tema apresentado, e acima de tudo, qual a relevância do seu trabalho do ponto de vista pessoal, acadêmico, profissional e social.

Também é conveniente que o autor aproveite esse capítulo para apresentar o estado da arte, ou seja, o que existe sobre o tema no momento da pesquisa, como ele é visto por outros pesquisadores e que tipo de pesquisas semelhantes já foram, ou estão sendo feitas sobre o mesmo tema, ou temas equivalentes.

Apesar de não necessitar de citações, o texto da introdução deverá ser redigido seguindo as normas que serão utilizadas ao longo de todo o trabalho.

Fonte: Metring, R.A. Pesquisas Científicas: planejamento para iniciantes. Curitiba: Juruá, 2009. 206p (clique aqui e conheça a obra)

_________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br