Muitas pessoas tem curiosidade de saber o que é a depressão, e se você nunca teve esse interesse, talvez nunca tenha tido uma.

Depressão é uma doença que afeta o estado de humor da pessoa, que passa a viver um estado anormal de tristeza. Todas as pessoas, homens e mulheres, de qualquer faixa etária, podem sofrer a depressão, porém, mulheres são duas vezes mais afetadas que os homens. Idosos de forma geral sofrem em maior quantidade, mas também já podemos fazer diagnóstico de depressão em crianças, embora essas tenham características particulares.

A depressão pode se apresentar numa pessoa de duas formas: na forma de reação depressiva,ou na forma de transtorno depressivo.

 Reação Depressiva

A reação depressiva ocorre por conta de um evento que pode ser identificado e que justifica tal estado, tais como, uma separação, a perda de um ente-querido, a perda de um emprego, e outros fatos e acontecimentos possíveis de atingir qualquer pessoa. A reação depressiva pode ser tratada com relativa facilidade, respeitada a estrutura de personalidade da pessoa, porque não chega a causar alterações orgânicas importantes, atuando quase sempre num plano mais psíquico.

Transtorno Depressivo

Quando esses fatores que geram a reação depressiva se tornam intensos e constantes e se somam a fatores genéticos ou neuroquímicos, podemos então evoluir para o transtorno depressivo, ou a chamada “doença depressão”, que se instala de forma mais profunda e intensa, e quase sempre a causa passa a se tornar difícil de ser localizada. Também torna-se mais difícil o tratamento porque a quantidade de alterações psíquicas se unem às orgânicas e ficam bastante acentuadas. É normal que se tenha que fazer uso de um medicamento antidepressivo para corrigir tal estado.

Tanto num caso como no outro, o sofrimento é intenso, muito maior que aquela tristeza comum. Esse sofrimento dura a maior parte do dia por pelo menos duas semanas.

 Sintomas

Se você se sente permanentemente triste, desesperançado, desanimado, abatido, na fossa, baixo-astral, ou ainda, com raiva persistente, ataques de ira ou tentativas constantes de culpar os outros, com inúmeras dores pelo corpo sem causas médicas que as justifiquem, precisando recorrer ao álcool ou drogas para relaxar ou dormir, você pode estar em processo depressivo.

 Tratamento

Não se assuste: a depressão é uma doença reversível, ou seja, há cura completa se tratada adequadamente. Nas depressões leves reativas um acompanhamento psicoterapêutico normalmente é suficiente. Quanto mais profunda a depressão, mais alterações neuroquímicas ocorrem, e neste caso, o tratamento psicoterapêutico deve ser acompanhado de um tratamento médico e medicamentoso para ser mais eficaz.

Se você sente algum ou alguns dos sintomas mencionados, e principalmente se o nível de tristeza que sente é persistente, procure um profissional da área da psicologia ou da psiquiatria para fazer uma avaliação e verificar qual o tratamento adequado.

Roberte Metring

__________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br