Uma mãe e sua filha estavam caminhando pela praia.

Chegando em certo ponto, a menina questionou:
– Como se faz para manter um amor?

A mãe olhou para a filha e respondeu:
– Pega num pouco de areia e fecha a mão com força…

A menina assim fez, e reparou que quanto mais forte apertava a areia com a mão, com mais velocidade a areia escapava, dizendo à sua mãe:
– Mamãe, assim a areia cai!
– Eu sei, agora abra completamente a sua mão…

A menina assim fez, mas veio um vento forte e levou consigo a areia que restava em sua mão.
– Assim também não consigo mantê-la na minha mão!

A mãe, sempre a sorrir disse-lhe:
– Agora pega outra vez num pouco de areia e mantenha a mão semi-aberta como se fosse uma colher…Bastante fechada para protegê-la, e bastante aberta para lhe dar liberdade.

A menina experimentou fazer isso e logo percebeu que a areia não escapava da sua mão, sendo protegida do vento.

A mãe então lhe diz:
– É assim que se faz durar um amor…

Se você quer muito alguma coisa, deixe-a livre. Se ela voltar será sua para sempre. Se não, é porque nunca foi sua de verdade.

Autoria Desconhecida

_________________

Sucesso e paz.
Varekai (onde quer que seja)
Roberte Metring – CRP 03/12745

Não me peça explicações, não as tenho. Eu simplesmente aconteço.
Psicoterapia – Consultoria – Cursos – Palestras
 Docência – Supervisão
contato@psicologoroberte.com.br – www.psicologoroberte.com.br